O compromisso com a responsabilidade social

Mais do que organizar e promover espetáculos de música clássica e contemporânea, o Mozarteum Brasileiro tem como vocação e missão difundir a música como instrumento da qualidade de vida, do desenvolvimento social, da inclusão social e da superação de barreiras e discriminações.

Além de trazer o melhor da música e assim proporcionar momentos de bem-estar somados ao desenvolvimento pessoal de espectadores e de assinantes, o Mozarteum Brasileiro promove acesso gratuito a outras milhares de pessoas de todas as faixas socioeconômicas e etárias à cultura musical, por meio de suas atividades educativas. Desta forma, procuramos transformar sonhos em realidade e contribuir para fazer da superação uma conquista possível.

Atividades Educativas

O acesso à cultura musical promovendo qualidade de vida

O compromisso com a responsabilidade social e com os princípios da sustentabilidade tornou as atividades educativas do Mozarteum Brasileiro referência no objetivo de fazer da música um motor de transformação social e de desenvolvimento pessoal.

Hoje, milhares de pessoas e, principalmente, jovens e crianças, ampliaram seus horizontes e perceberam na música novas perspectivas de qualidade de vida graças às inúmeras atividades educativas do Mozarteum Brasileiro.

Clube do Ouvinte

clube-do-ouvintePara ampliar o prazer do espectador diante das grandes obras, o Mozarteum Brasileiro lançou em 2001, com ineditismo no Brasil, o Clube do Ouvinte, série de palestras que ocorre antes de cada concerto da temporada e que amplia o conhecimento sobre a música de concerto.
De maneira informal e divertida, os palestrantes apresentam os autores das músicas que compõem o programa, contextualizam e explicam as obras a serem tocadas. Sempre gratuitas, as palestras são realizadas nas instalações do próprio teatro onde ocorre o concerto.

Como Participar
Para participar do Clube do Ouvinte, basta comparecer à sala no dia do concerto pontualmente, às 20h, com seu ingresso em mãos. A entrada é franca.

Democratização Cultural
Maior acesso à música de concerto

Em todos os espetáculos abertos ao público, o Mozarteum Brasileiro reserva um número de ingressos para grupos escolares e instituições de apoio a pessoas em situação de fragilidade social e/ou econômica. Dessa forma, o Mozarteum cumpre sua missão de levar a música erudita a todos os brasileiros, independentemente de sua condição social ou financeira.

Como proceder

As escolas e entidades interessadas devem entrar em contato com o Mozarteum Brasileiro pelo telefone (11) 3815-6377 ou pelo e-mail ingressos@mozarteum.org.br. O pedido será analisado, assim como a disponibilidade de lugares. A quantidade disponível de ingressos varia por concerto e cidade.

Transmissões de Rádio e TV
O melhor da música em difusão para todo o Brasil

Com a colaboração dos artistas – que gentilmente cedem os direitos dos concertos para programas de rádio e televisão não comerciais – o Mozarteum Brasileiro, em parceria com a Fundação Padre Anchieta, grava os concertos da Temporada Internacional para serem exibidos pela Rádio e TV Cultura de São Paulo, em âmbito nacional.

Concertos ao Ar Livre
A música de concerto para milhares de pessoas

Com uma programação mais popular e com o objetivo de difundir a cultura musical, o Mozarteum Brasileiro promove concertos ao ar livre de grandes orquestras da Temporada Internacional.

Os espetáculos são realizados em espaços públicos amplos como, por exemplo, o Parque Ibirapuera (São Paulo) e o Aterro do Flamengo (Rio de Janeiro), com entrada franca, para atender o grande número de pessoas de todas as classes socioeconômicas e faixas etárias.

Parceiros Sociais e Educativos
EMESP – Tom Jobim

Com mais de 20 anos de atuação no ensino musical, a Escola de Música do Estado de São Paulo (EMESP) – Tom Jobim é especializada na formação dos futuros profissionais da música erudita e popular, oferecendo formação completa e de excelência.

O Mozarteum Brasileiro tem o apoio da EMESP Tom Jobim na realização, organização e divulgação das masterclasses, que ocorrem nas dependências da escola.

Site: www.emesp.org.br

Masterclasses

masterclasses

Pioneiras no país, as masterclasses do Mozarteum Brasileiro – sempre gratuitas e abertas ao público (como ouvinte) – já se tornaram referência na formação e no desenvolvimento dos músicos brasileiros.

São encontros didáticos nos quais artistas consagrados, participantes da temporada, dedicam-se a ministrar aulas gratuitas a jovens estudantes de música e iniciantes, além de proporcionar, aos interessados em geral, conhecimentos mais específicos sobre os instrumentos sinfônicos e suas técnicas.

As masterclasses também são uma excelente forma do Mozarteum Brasileiro identificar talentos entre os jovens instrumentistas. Aqueles que se destacam podem ser convidados para audições especiais e poderão participar – se aprovados – dos intercâmbios culturais e bolsas de estudos viabilizados pelo Projeto Mozarteum.

Desde 2000, quando foram criadas, as masterclasses do Mozarteum Brasileiro já atenderam mais de 1.500 estudantes e 5.400 ouvintes, em mais de 300 masterclasses com virtuoses internacionais.

Agenda 2016:
Angelika Kirchschlager & Cappella Istropolitana
– violino
– contrabaixo
– flauta
– trompa
– fagote
Orquestra Sinfônica de Bamberg
– violino
– trompa
– tímpano
– percussão
Gidon Kremer & KREMERata Báltica
– violino
– violoncelo
– contrabaixo
Mischa Maisky & Tel Aviv Soloists
– violino
– violoncelo
Coro da Rádio de Berlim & Arte Del Mondo
– trompa
– trompete
– oboé
– clarinete
– fagote

Como participar:

Alunos ativos
Inscrições através da EMESP
www.emesp.org.br

Alunos ouvintes
Inscrições através do Mozarteum pelo telefone (11) 3815-6377 de segunda a sexta das 10h às 18h.

As vagas são limitadas.

Intercâmbios e bolsas de estudos

O desenvolvimento da excelência tem um forte aliado nos intercâmbios culturais do Mozarteum Brasileiro.

Todos os anos, desde 2004, o Mozarteum Brasileiro promove intercâmbios com várias instituições da Europa e da América Latina, com o objetivo de estimular o desenvolvimento técnico de jovens talentos da música.

Bolsas de estudos nas academias de música internacionais

Graças às suas relações com academias na Europa, o Mozarteum Brasileiro promove audições especiais para seleção de músicos brasileiros a serem enviados para cursos e festivais europeus. Todos os selecionados recebem uma bolsa que cobre custos de viagem, hospedagem e alimentação, subsidiados pelas próprias academias, governos municipais europeus, pelo Ministério da Cultura brasileiro e pelo Mozarteum Brasileiro.

Nestes cursos de verão, os alunos trabalham com professores que são músicos de grandes orquestras, como a Filarmônica de Viena e a Sinfônica de Hamburgo, e regentes do porte de Riccardo Muti, Christoph Eschenbach, Valery Gergiev, entre outros famosos. Para os alunos, é uma experiência de vida extraordinária. Ser escolhido significa abrir uma perspectiva para a vida futura.

Conheça algumas dessas academias parceiras do Mozarteum Brasileiro:

Academia Orquestral Internacional do Festival de Música Schleswig-Holstein – Alemanha
Academia Orquestral Internacional do Festival de Música de Schleswig-Holstein tem grande prestígio em todo o mundo desde sua fundação por Leonard Bernstein, em 1987. Esta instituição é o coração pedagógico de um dos festivais de música mais importantes da Europa. A cada ano, uma orquestra é formada com músicos jovens de todo o mundo, na qual eles têm a possibilidade de se preparar e trabalhar com alguns dos maiores nomes da música internacional, apresentando grandes obras junto a maestros famosos.

Academia Internacional de Verão – Collegium Musicum Schloss Pommersfelden – Alemanha
A Academia Internacional de Verão tem o seu lugar reconhecido no cenário internacional e é considerada o terceiro evento mais antigo do gênero na Europa. Entre julho e agosto, 75 jovens músicos de várias partes do mundo recebem aulas gratuitas particulares e em grupo, ensaiam e se apresentam em concertos de música de câmara e sinfônica.

Orquestra Internacional – Internationales Orchester Institut Attergau – Áustria
A Orquestra Internacional do Instituto Attergau assumiu como tarefa pesquisar cientificamente os vários aspectos da sonoridade da Orquestra Filarmônica de Viena e ensinar a alunos do mundo todo o modo e a tradição vienenses de fazer música. Os professores da Orquestra Filarmônica de Viena e os regentes que são próximos a essa orquestra promovem o estudo de peças musicais em aulas individuais e em grupo e depois, em ensaios orquestrais, culminando com a apresentação dessas obras em concertos. Esse período de trabalhos práticos acontece em agosto, em Attergau, situada ao norte da Áustria, perto de Salzburg.

Academia de Verão de Mattheis – Alemanha
O Mattheis Sommer Akademie foi criado, em 1998, para celebrar o 250º aniversário do órgão de Johann Michael Stumm que se encontra na igreja de São Matias em Bad Soberheim. Nos últimos 20 anos, milhares de participantes de mais de 20 países e um grande número de artistas mundialmente reconhecidos, além de professores, têm participado deste festival com o intuito de imergir em estudos instrumentais intensivos (masterclasses) e também em concertos do mais alto nível artístico.

Academia Coral Lübeck
A partir de 2013, a Academia Coral do Festival de Música de Schleswig Holstein passou a chamar-se Academia Coral Lübeck, uma instituição única, dedica exclusivamente à formação de jovens cantores. Em seu primeiro ano como instituição independente, sob a direção artística do regente Rolf Beck, que está à frente da Academia Coral desde sua fundação vinculada ao SHMF em 2002, conquistou mais de 600 candidatos nas praças onde promoveu audições.

Matinês Clássicas para Crianças

Matinê para crianças

2016
Ludwig Van Beethoven (1770 – 1827)
SINFONIA Nº 6 “PASTORAL”

2015
Piotr I. Tchaikovsky (1840 – 1893)
“A BELA ADORMECIDA”

2013
Sergei Prokofiev (1891 – 1953)
PEDRO E O LOBO

2012
Piotr Ilitch Tchaikovsky (1840 – 1893)
QUEBRA-NOZES

Os programas de matinê já ganharam belas interpretações que encantaram jovens e crianças !