Mozarteum em Casa

03 Set 2020

O Mozarteum Brasileiro realizou mais de 1.500 concertos ao longo de sua trajetória de quase quatro décadas. Apresentações históricas de consagradas formações musicais, orquestras, maestros e solistas marcam este percurso que promoveu inúmeras estreias internacionais no Brasil.

 

Com o programa Mozarteum em Casa, inaugurado em 9 de junho de 2020, este valioso acervo está disponível online. Filmados, na maioria, pela TV Cultura, esses concertos revivem momentos gloriosos e proporcionam excelência musical para um público amplo.

 

As transmissões foram semanais, no Facebook e no YouTube nos três primeiros meses de Mozarteum em Casa. Em seguida, tornaram-se quinzenais, sempre às terças-feiras, 19h, somente no YouTube.

 

A partir da transmissão de 11 de agosto, o maestro Carlos Moreno, regente titular da Orquestra Acadêmica Mozarteum Brasileiro, passou a fazer comentários sobre cada programa, na introdução dos vídeos.

 

Mozarteum em Casa dá continuidade à série Música em Casa, lançada em abril de 2020 como alternativa online da programação do Mozarteum Brasileiro, durante a pandemia do novo coronavírus.

 

Expandir horizontes através da arte sempre foi premissa do Mozarteum que agora, também pela internet, amplia seus canais de acesso.

 

Programação do Mozarteum em Casa:

 

9 de junho/2020: Orquestra Sinfônica Tchaikovsky de Moscou, sob regência de Vladimir Fedoseyev (apresentação de outubro de 2008, na Sala São Paulo).

 

16 de junho/2020: Coro da Rádio de Berlim e Orquestra L’Arte del Mondo (apresentação de outubro de 2016, na Sala São).

 

23 de junho/2020: Orquestra de KlangVerwaltung, sob regência de Enoch zu Guttenberg (apresentação de 2012, na Sala São Paulo).

 

30 de junho/2020: Orquestra Sinfônica Estatal Russa “Evgeny Svetlanov”, sob regência de Terje Mikkelsen e Philipp Kopachevsky como solista de piano (apresentação de abril de 2018, na Sala São Paulo).

 

7 de julho/2020: Gerhwin Piano Quartet (apresentação de junho de 2011, na Sala São Paulo).

 

14 de julho/2020: Oscar Peterson – em companhia do contrabaixista David Young e do baterista Martin Drew (apresentação de 1987, no Palácio das Convenções Anhembi).

 

21 de julho a 9 de agosto/2020: Ciclo Beethoven, com a Die Deutsche Kammerphilharmonie Bremen (Orquestra Filarmônica de Câmara Alemã de Bremen), sob regência de Paavo Järvi. Sinfonias 1, 2 e 2 (21 de julho); Sinfonias 4 e 5 (28 de julho); Sinfonias 6 e 7 (4 de agosto); Sinfonias 8 e 9 (11 de agosto). Apresentações de 2013, na Sala São Paulo.

 

18 de agosto/2020: Berlin Philharmonic Octet (apresentação de 2011, na Sala São Paulo).

 

25 de agosto/2020: programa Uma Noite na Ópera do festival Música em Trancoso de 2015 (Teatro L’Occitane, Trancoso, BA).

 

1º de setembro/2020: Orquestra L’Arte del Mondo, sob regência de Werner Ehrhardt (apresentação de 2011, na Sala São Paulo).

 

8 de setembro/2020: Orquestra Filarmônica de Munique, com regência de Zubin Mehta (apresentação de 2010, na Sala São Paulo).

 

15 de setembro/2020: Mozart Piano Quartet (apresentação de maio de 2009, no Teatro Alfa).

 

22 de setembro/2020: Orchestre Philharmonique du Luxembourg & Simone Lamsma (apresentação de setembro de 2019, na Sala São Paulo).

 

6 de outubro/2020: Concerto Música de Câmara do festival Música em Trancoso de 2015.